.... HOME > Informacoes > Noticias Diversas
 
 
Informações
    Notícias diversas
 
  Notícias   Diversas
  Dicas
 

19 de Abril de 2013
Hospital Santa Teresa realiza procedimento inédito de retirada de arpão do crânio



O Hospital Santa Teresa (HST) promoveu hoje, dia 18, uma coletiva de imprensa com os especialistas responsáveis pela retirada de um arpão do crânio de um homem que se feriu acidentalmente na tarde de segunda-feira, dia 15. Bruno Barcellos de Souza Coutinho, de 34 anos, manuseava o objeto quando ele disparou contra a própria face, perfurando o canto do olho esquerdo e atravessando o crânio. Ele foi resgato por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Petrópolis e deu entrada no HST lúcido e orientado. O objeto de 30 cm perfurou 15 cm do crânio de Bruno Barcellos, após uma cirurgia de quatro horas, as equipes de Neurocirurgia e Buco-maxilo-facial conseguiram retirar o objeto sem que o paciente sofresse qualquer tipo de dano neurológico.

De acordo com o chefe da neurocirurgia do HST, Orlando Maia, o arpão ficou milímetros de atingir artérias vitais do paciente. O caso foi considerado como uma raridade e o procedimento é inédito no Município de Petrópolis.

Nós sabemos que no Estado do Rio de Janeiro ocorreram acidentes semelhantes, mas nunca com um arpão de pesca. A nossa equipe já realizou procedimentos de retirada de outros objetos, mas a preocupação do arpão era justamente com a retirada, já que o objeto poderia armar e atingir alguma artéria vital.”, explicou.

Por sorte, o arpão utilizado por Bruno Barcellos estava completamente vedado com uma fita isolante, o que impossibilitou que ele se armasse, assim, os cirurgiões Buco-Maxilo-Facial conseguiram fazer o acesso ao artefato.

Nós entramos em contato com um familiar que nos trouxe outro arpão vedado, pois nos exames não sabíamos precisar o tipo de fita que estava isolando essas garras. Assim que comprovamos o material optamos por retirar o arpão da mesma maneira que ele entrou, pela frente.”, explicou o chefe Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, Edelto Antunes.

No dia seguinte, terça-feira dia 16, a equipe de Oftalmologia do HST fez a segunda etapa da cirurgia em que a grande preocupação era de se manter o órgão (olho esquerdo) do paciente. Os médicos responsáveis, Mônica Araujo e João Roberto Tardin, precisaram reconstruir todo o globo ocular do paciente.

Ele teve rotura de globo ocular e perda de seu conteúdo. Todavia, durante a cirurgia de reconstrução, foi possível manter o órgão. É um quadro extremamente complexo, com remotas possibilidades de recuperação visual, porém com preservação da anatomia da região.”, explicaram.

Para o neurocirurgião Diogo Freitas, se o paciente mantiver o bom quadro de melhora há a possibilidade de alta médica nos próximos três dias.

Mesmo estando internado no CTI, o paciente vem apresentando uma melhora constante. Ele continua em observação, pois nesse momento a nossa preocupação é com relação a uma possível infecção, mas caso ele venha manter o quadro, a possibilidade de alta é muito grande para os próximos dias.”, anunciou.

O Diretor Executivo do Hospital Santa Teresa, Vinicius de Oliveira frisou que é uma política do HST a interação das equipes médicas em busca do melhor tratamento dos nossos pacientes. “Nós contamos com equipes multidisciplinares altamente capacitadas a realizar qualquer tipo de intervenção cirúrgica, das mais simples as de alta complexidade. Além de todo um suporte tecnológico foi a interação entre as equipes que culminou no sucesso dessa cirurgia.”, finaliza.

 

Equipe médica responsável pela cirurgia:

Dr. Diogo Freitas, Neurocirurgião.

Dr. Edelto Antunes, Chefe da Traumatologia Buco-Maxilo-Facial;

Dr. Pedro Azzi Judice, Cirurgião Buco-Maxilo-Facial

Dr. João Roberto Tardin, Oftalmologista

Drª Monica Araujo, Oftalmologista



<< Voltar
     
   
 
Rua Paulino Afonso, 477 - Bingen - Petrópolis - RJ - (24) 2233 4600 | Créditos